Chegou o Verão! Os dias estão mais longos, as noites mais quentes e nós já só sonhamos com as férias. Mas o que fazer com as nossas plantas nesta época em que elas necessitam de cuidados redobrados? Queremos que desfrutes das tuas férias e bolas de Berlim na praia sem culpa, por isso deixamos-te aqui o nosso guia passo a passo do que fazer com as tuas plantas durante as férias.

The clean up crew

 

 

1.

 

 

 

 

2.

Começamos por este que é dos passos mais importantes deste guia: examina as tuas plantas. Ninguém quer voltar de umas férias relaxantes e ter um desastre entre mãos em casa. Por isso não saltes este passo!

Faz uma primeira revisão e começa por remover todas as folhas senescentes. Para além de retirarem recursos à planta, as folhas podem apodrecer e "chamar" pragas para a planta. De seguida, deverás examinar as tuas plantas para ter a certeza que não existem pragas a desenvolver-se. Para esta fase precisas de uma lupa, muita paciência e, pelo sim pelo não, um controlador de pragas. Thripes, anfídeos ou cochonilha são algumas das pragas mais comuns que podes encontrar nas tuas plantas. Não te preocupes, é algo normal que faz parte da vida de um plantparent. As pragas estão para as plantas como os piolhos estão para as crianças: é algo difícil de evitar e tratável.

Separa todas as plantas com praga que encontrares e aplica-lhes um controlador de pragas (segundo as instruções da embalagem). Nós recomendamos o Polysect por ser eficaz contra a maior parte das pragas mais comuns. Em vez, poderás aplicar óleo de neem diluído para tratar spider mites. Podes também aplicar uma solução de água, óleo de neem e sabão azul e branco para que se forme uma capa de cera nas folhas e as pragas sejam repelidas.

Location, location, location!

Agora que já separaste e trataste das plantas infectadas, é preciso separar as outras. Deverás retirar todas as plantas que estão perto das janelas (os estores devem ser deixados abertos a 2/3). Especialmente as que estão em janelas viradas a sul. Assim evitas não só queimaduras nas folhas, mas também que a água evapore tão rápido. Aconselhamos-te a agrupar todas as tuas plantas no centro da sala ou outra divisão por necessidades de rega. O que nos leva ao seguinte ponto…

Água!

A água é essencial para todos os seres vivos e aumentar o seu consumo durante o verão é absolutamente fundamental. Por isso, se vais estar ausente durante mais de uma semana, é muito importante teres em consideração as necessidades das tuas plantas. Se é verdade que uma Sansevieria tolera perfeitamente 2 semanas sem água, o mesmo já não é verdade para uma Calathea. Vamos então considerar as opções…

Plantas-verao-1

Buddy system

Pedir a um amigo ou à vizinha do 4º esquerdo para ir lá a casa regar as plantas pode parecer a opção mais fácil à primeira vista. Mas a verdade é que maior parte das pessoas tendem a regar as plantas em excesso. Por isso é importante delinear um plano! Agrupa as tuas plantas por necessidades e deixa indicações relativamente a cada grupo (post-its são bem-vindos). Escreve todos os detalhes, mais vale informação a mais do que a menos. Podes até coordenar os teus post-its por cores! Somos só nós que soltamos a nossa Monica interior (referência à série Friends) no que toca às nossas plantas?

No buddy, no problem

 

Se os teus amigos vão todos de férias contigo ou se as tuas verdinhas são o teu bem mais precioso e não as confias a ninguém, não te preocupes que tens várias opções! Em primeiro lugar podes encontrar na nossa webshop dispositivos de libertação de água que podem ser a tua arma secreta nestes dias fora.

 

fios-rega-plantas

Caso prefiras ou necessites uma solução mais imediata, podes montar o teu próprio sistema de rega DIY. Para isso vais precisar de alguns baldes ou alguidares e um tipo de fio que seja grosso (de algodão ou lã por exemplo).

De seguida separa todas as plantas por necessidade de rega, como mencionado anteriormente, e rega-as bem (cuidado com os excessos, muitas vezes é preferível água a menos do que a mais). De seguida coloca os recipientes com água no centro de cada grupo de plantas. Corta o fio em pedaços, o comprimento para cada planta deverá ser mais comprido do que a distância entre a planta em questão e o recipiente. Coloca uma ponta do fio dentro do recipiente e a outra ponta enterrada no substrato da planta. Atenção que se as plantas necessitarem de pouca água, o recipiente deve ser colocado abaixo do nível do vaso. Se necessitarem de mais água deverás colocar o balde em cima de cadeira de forma a que mais água seja absorvida.

 

Tenhas ou não um buddy, algo que irá ajudar muito com os níves de humidade lá de casa, é colocar tabuleiros rasos com água em locais estratégicos. Desta forma a água irá evaporar com o calor e fornecer humidade às meninas que mais precisam.

plant-water.tray

Agora sim, já podes ir de férias com a consciência tranquila e a certeza de que as tuas plantas ficam felizes!

Ainda tens questões? Deixa-as na caixa dos comentários abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *